LTV: como esse indicador pode impactar nos resultados do seu negócio

abril 23, 2021

Você se preocupa com a saúde financeira e o crescimento da sua empresa no mercado, mas ainda não sabe como desenvolver um futuro mais seguro e lucrativo para as suas estratégias? O LTV é um ótimo indicador para ajudar a alavancar os resultados do seu negócio.

Lifetime value (LTV) basicamente é uma métrica que serve para definir o valor que um cliente gera para a organização, a partir da primeira compra até o período em que este mantiver um relacionamento com a marca. Ou seja, o LTV é a soma de todos os valores gastos por um cliente, representando o valor do ciclo do consumidor.

Prossiga na leitura deste conteúdo para descobrir a importância do LTV, além de conferir como ele pode impactar no desenvolvimento da sua empresa. Confira e aproveite!

O que é LTV?

Para gerenciar bem uma empresa, é preciso dar mais atenção para algumas métricas, e a LTV é uma delas. Por meio desta métrica, é possível identificar o valor de cada cliente, ajudando você a pensar em estratégias mais assertivas para melhorar o desenvolvimento do negócio no futuro.

A métrica, Lifetime Value, representa o lucro líquido gerado por um cliente durante todo o período que ele comprar os serviços ou produtos da sua empresa, mantendo um relacionamento com a sua. Assim, por meio da análise do LTV, você pode avaliar a relação entre o custo de aquisição do cliente e o lucro gerado por este.

O principal objetivo do LTV não é calcular separadamente o valor de cada cliente, mas analisar a média de valor gastos e tempo de permanência do público, em determinados períodos, a fim de fazer os devidos ajustes e obter mais sucesso.

É melhor analisar o LTV e CAC?

Não há indicador melhor que o outro, por mais importante que o LTV seja, a recomendação é que ele seja sempre analisado em conjunto com outros indicadores para fazer uma avaliação mais completa do contexto.

Algumas das outras métricas que devem ser analisadas juntamente ao LTV, são: taxa de churn, ticket médio e o Custo de Aquisição de Cliente (CAC).

O CAC é um dos indicadores mais importantes para analisar na hora de mensurar o LTV, pois ele demonstra o quanto foi gasto pelos times de marketing e vendas para alcançar cada cliente. 

O ideal é que o resultado dele seja sempre menor que o do LTV para que os lucros sejam sempre maiores que as despesas efetuadas no momento de adquirir o cliente. Para calcular o CAC, você deve fazer a seguinte fórmula:

CAC = custo total para aquisição de clientes / total de novos clientes.

Como calcular o LTV?

O cálculo do LTV não tem segredo e pode ser feito de forma prática para lhe ajudar a saber o que está indo bem e quais estratégias devem ser transformadas para aumentar a rentabilidade e as vendas do seu negócio.

Para calcular o LTV, é importante conhecer os números reais da sua empresa e aplicá-los na seguinte fórmula:

LTV = valor do ticket médio x tempo de retenção do cliente.

Também há outra fórmula que pode ser utilizada:

LTV = (ticket médio x média de compras por cliente a cada ano) x média de tempo de relacionamento.

Vale ressaltar que para aumentar o LTV da sua organização, é preciso ampliar a retenção dos seus clientes, a fim de que o valor de suas compras possa se expandir por mais tempo. Então, é indicado investir em estratégias que facilitem a frequência de compra dos consumidores, como:

  • utilizar ferramentas tecnológicas;
  • aplicar estratégias de marketing;
  • melhorar a comunicação da sua marca;
  • oferecer atendimentos personalizados;
  • entender as necessidades e preferências do seu público;
  • ampliar os canais de venda e comunicação;
  • fazer planejamentos baseados em dados;
  • mostrar disponibilidade e fortalecer a presença digital.

Como utilizar esse indicador em sua empresa?

Como já falamos anteriormente, ao analisar o LTV, é preciso utilizar outros indicadores a serem avaliados em conjunto para entender melhor um contexto específico, fazendo comparações e planejando os próximos passos com mais assertividade. 

O LTV também serve para você descobrir quais são os tipos de clientes que geram mais lucratividade à sua empresa. Após entender o perfil desses consumidores, é possível focar na captação de clientes de alto valor de forma mais segmentada, prática e eficaz.

Quais são os benefícios do LTV para o seu negócio?

Depois de saber como calcular e analisar o LTV, fica o questionamento se vale a pena utilizá-lo em seu negócio, afinal, é mesmo preciso? 

Por mais que seja um indicador que envolve diversas métricas e demanda tempo para ser devidamente avaliado, principalmente porque esse processo deve ser feito com uma determinada frequência, analisar o LTV é muito importante para ajudar no desempenho saudável de empresas de quaisquer portes e segmentos.

Ao calcular e analisar o LTV, adotando esta prática em sua organização, é possível obter benefícios fundamentais para obter melhores resultados, como:

  • reduzir despesas e prejuízos inesperados;
  • entender qual valor você pode esperar da receita nos próximos meses;
  • identificar possíveis falhas;
  • definir o orçamento máximo para a aplicação de estratégias;
  • ter insights para melhorar a atração e fidelização de clientes;
  • garantir melhores oportunidades para fechar bons negócios;
  • ter o apoio de dados relevantes antes de tomar decisões;
  • planejar formas assertivas de aumentar as vendas e os lucros.

Ao analisar o LTV, você ajuda a sua empresa a se preparar mais para o futuro, se destacando no mercado, gerando experiências mais satisfatórias para o cliente e melhorando o desempenho do seu negócio. 

Dessa forma, a prática de calcular o LTV é contar com um indicador essencial para comparar com outras médicas importantes e impactar os resultados do seu negócio a longo prazo.

E aí, já sabe por onde começar para levar sua empresa ao futuro? Esperamos que este conteúdo ajude você a aprimorar os processos com a sua equipe, alcançando os seus clientes ideais, aumentando o LTV e garantindo mais sucesso. Que tal compartilhar esse texto, nas redes sociais, para inspirar e ajudar outras pessoas que você conhece?

Continue de olho em nosso blog para conferir mais posts sobre empreendedorismo, gestão financeira, dicas de marketing, inovação e tecnologia. Até mais!

×